Jornal da Região

Prefeitura reforça cuidado com a Dengue e entrega novos carros para fiscalização

Dez 03, 2018

Duas novas caminhonetes foram apresentadas pelo prefeito Orlando Morando; veículos serão utilizados pelo Centro de Controle de Zoonoses para fiscalização, monitoramento e controle de arboviroses

Em planejamento reforçado pela “Semana Nacional de Combate ao Aedes”, a Prefeitura de São Bernardo realizou dia 28, a entrega de dois novos carros para o programa “São Bernardo Contra a Dengue”. Os veículos (picape, modelo S10) serão utilizados pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), para fiscalização, monitoramento e controle das arboviroses.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, apresentou os novos modelos, acompanhado pelo secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple, do Diretor do Departamento de Vigilância Sanitária, Dr. Wagner Kuroiwa.

“Precisamos conscientizar ainda mais à população sobre a Dengue, Zika e a Chikungya. Com a chegada do verão e das altas temperaturas, a incidência da doença tende aumentar e nós não podemos permitir que isso aconteça. Com esses dois novos carros, iremos reforçar ainda mais a fiscalização e manter o mosquito longe de nossa cidade”, explicou Morando.

Identificados, os carros foram encaminhados ao município pelo Ministério da Saúde, por meio de verba do programa de Combate das Arboviroses. Todos os veículos são 0km e modernos, avaliados, em média, R$ 120 mil cada um.

Conscientização e combate – Com o objetivo de conscientizar à população, São Bernardo antecipou a “Semana Nacional de Combate ao Aedes” e ampliou o período de orientações para duas semanas. Durante os primeiros sete dias, de segunda à sexta-feira (19 a 23/11), 19 mil imóveis foram vistoriados, porta a porta, por meio dos Agentes de Controle de Endemias, em várias regiões da cidade.

Trabalho – Uma destas vistorias foi realizada na casa da diarista, Marina Lourenço dos Santos, de 60 anos. “Essas visitas da Prefeitura são de extrema importância para a saúde da nossa cidade. Aqui em casa, tenho quatro netos e eles me ajudam na vistoria e manutenção no combate à Dengue, mas infelizmente, não sei se o meu vizinho tem o mesmo cuidado”, disse.

Entre os meses de janeiro a novembro deste ano, o Centro de Controle de Zoonoses, realizou 772.077 vistorias e localizou 1.122 focos da doença. Apesar de toda essa conscientização, São Bernardo confirmou sete casos autóctones de Dengue.

Além das vistorias, o responsável pela pasta de Saúde, também esclareceu que a secretaria de Saúde também realiza um trabalho educativo com toda à população. “Disponibilizamos materiais informativos sobre o mosquito Aedes Aegypti e salientamos os principais perigos de sua transmissão. Fizemos orientações e palestras nas Unidades Básicas de Saúde e também nas escolas municipais, por meio do Programa de Saúde na Escola. Mobilizamos a população como um todo e vamos juntos acabar com os focos do mosquito. Não podemos permitir que o Aedes se aproxime de nossa cidade”, comentou Dr. Geraldo Reple.

Cuidado com as gestantes – Uma operação especial também foi montada pelo programa municipal de combate, a fim de proteger as gestantes. Todas as mulheres, usuárias ou não da rede pública, devem notificar a gravidez nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Após a notificação, as mulheres recebem uma visita dos Agentes de Controle de Endemia, para uma completa vistoria no imóvel e no bairro em que mora para identificar e eliminar todos os possíveis focos do mosquito.

0
0
0
s2smodern