Jornal da Região
EncontroO prefeito de São Caetano do Sul, Paulo Pinheiro (PMDB), se reuniu no sábado (16/8) com o candidato a deputado federal Celso Russomanno (PRB).
ComitêO vereador Cidão do Sindicato (SDD), de São Caetano do Sul, inaugurou seu Comitê Central, na última sexta-feira (01/08), no Bairro Fundação. Cidão é candidato a deputado estadual e conta com o apoio dos metalúrgicos para conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Começou bem a sua caminhada, pois mais de 800 pessoas prestigiaram a inauguração do seu Comitê, além de autoridades, políticos e do presidente estadual do partido, Davi Martins. Na Câmara, Cidão passou a fazer parte do bloco de oposição ao atual Governo. OposiçãoNa primeira sessão pós-recesso na Câmara de São Caetano do Sul, na última terça-feira (05/08), o vereador Fábio Palácio (PR) anunciou que, a partir de agora, fará oposição ao atual Governo Municipal. Palácio alegou as dificuldades da administração em cumprir as promessas de campanha e a falta de respeito do Executivo com os vereadores para a mudança do seu posicionamento no Legislativo. Só para lembrar, Fábio Palácio fez parte da coligação da candidata a prefeita Regina Maura, em 2012. No início de 2013, decidiu integrar a bancada de sustentação do prefeito Paulo Pinheiro, da qual fez parte no início do recesso parlamentar. HistóriaAinda na sessão de terça-feira, na Câmara de São Caetano do Sul, tomou posse o suplente Ricardo Rios (PT), em substituição ao vereador Pio Mielo, que pediu licença de trinta dias para tratar de assuntos particulares. Sem dúvida, um momento histórico para o Partido dos Trabalhadores, que “nunca antes na história da cidade” um suplente teve a oportunidade de assumir uma cadeira no Legislativo. De que ladoPergunta que não quer calar nos corredores do Legislativo Sulsancaetanense: quem, realmente, é oposição ou situação? Isso, porque o posicionamento de alguns vereadores não é claro quando questionado de que lado ele está. Ora critica, ora defende. Em alguns momentos, questiona os projetos do Executivo, mas vota favorável.…
CampanhaO candidato a deputado estadual Capitão Castropil (PMDB), promove, neste sábado (26/7), o lançamento oficial de sua campanha rumo à Assembleia Legislativa. O evento contará com a presença de diversos apoiadores e lideranças de São Caetano do Sul e região e será realizado, a partir das 10 horas, no Buffet Status, Rua Amazonas, 530 - Centro. FaltaO grupo de vereadores de São Caetano do Sul que apoiam a candidatura de Alex Manente (PPS) a deputado federal se reuniu essa semana para fazer um balanço e traçar os novos passos da campanha na cidade. Dos nove, oito estiveram presentes ao encontro. A ausência sentida foi do vereador Fábio Palácio (PR), que é um dos principais articuladores da dobrada de Manente com o deputado estadual Orlando Morando. Palácio justificou que estava em outro compromisso e não conseguiu chegar a tempo. Os demais parlamentares fizeram de conta que acreditaram. PipocaNa verdade, há algo de estranho acontecendo nos bastidores políticos de São Caetano do Sul. Há cerca de duas semanas a impressão que se tinha era de que haveria uma debandada de vereadores da bancada de sustentação, fato que não se confirmou. Políticos mais experientes creditam a turbulência a dois parlamentares que, segundo eles, teriam “incendiado” os colegas contra o Governo e, em seguida, pularam fora sem deixar informações sobre seus paradeiros. Como diria um “filósofo” dos corredores do Legislativo local “galinha que segue pato, morre afogada”. Foi mais ou menos assim que as coisas aconteceram. UrnasSe confirmar a votação que candidatos a deputado federal e estadual dizem que terão em São Caetano do Sul, certamente será preciso fazer uma recontagem dos eleitores. Somados os números apresentados por assessores e cabos eleitorais, baseados em “pesquisas” feitas na cidade, o número de votantes deve superar a marca de trezentos mil votos, ou seja, praticamente três…
VoltaO sindicalista Cícero Martinha retornou ao Partido dos Trabalhadores. Um dos fundadores do PT, Martinha estava no PDT, que na cidade é presidido por Raimundo Salles. No retorno ao partido, Martinha já participou da caminhada que o candidato ao governo do Estado Padilha fez pelas ruas de Santo André. Guerra friaO clima anda quente nos bastidores políticos de São Caetano do Sul. Mesmo com o período de recesso do Legislativo, há quem diga que a relação entre alguns vereadores e o Executivo vive seu pior momento de “turbulência”. Situação, oficialmente, negada pelos dois lados. Os motivos vão desde “falta de espaço no governo” a opção de apoio à candidatos a deputado estadual e federal. Comenta-se que a “baixa” na bancada de sustentação pode chegar ao total de cinco vereadores. Há, também, um grupo mais moderado, que acredita que a “crise” está relacionada à campanha eleitoral e que a situação será acertada em breve. Pode ser. Na moitaNesse momento de divergências entre Executivo e Legislativo, em São Caetano do Sul, há que se destacar que alguns vereadores parecem estar totalmente alheios às discussões. Como se diz popularmente “estão se fingindo de mortos”, e a resposta, quando perguntados sobre o assunto, é sempre a mesma “não estou vendo nada de errado e, pra mim, está tudo tranquilo”. Então, tá. CampanhaA primeira visita de um candidato na chapa majoritária para presidente da república à região aconteceu na quinta-feira (17/07), em Santo André. Marina Silva, candidata a vice-presidente (PSB), fez uma caminhada pelas ruas do centro da cidade, acompanhada dos candidatos a deputado estadual Almir Cicote e federal, Aidan Ravin. Marina também deu entrevistas e participou de programa na Rádio ABC. GeopolíticaOs primeiros materiais de campanha espalhados pelo Grande ABC têm como foco incentivar o eleitor a votar em candidatos da região. Até aí,…