Jornal da Região

ABC Político Edição 643

PEN realiza terceira reunião

O Partido Ecológico Nacional (PEN) de São Caetano do Sul realizou reunião na quarta-feira (3) com os membros das Executivas Municipal e Estadual. O encontro contou com as participações de Marquinho Souza, presidente macrorregional da Grande São Paulo DDD 11, e do advogado Laerte Molleta.
Entre os principais assuntos da Ordem do Dia, foram deliberados a criação do Conselho de Ética Municipal, formado por cinco mulheres como titulares: a presidente Lucia Paes Leme, Neide Conrado, Roberta Pereira, Daiene da Cunha e Andreia Barbosa; e três homens como suplentes: Francisco Barral, Mario Bellon e Francisco Talá Neto; a posse de Murilo Baseio na presidência do PEN Jovem e o início da Campanha Municipal de Filiações no PEN.
Marcou presença o representante do partido na Câmara Municipal, vereador Caio Funaki, que durante o seu pronunciamento confirmou a sua posição de independência em relação ao governo atual, acompanhando a decisão já determinada em reuniões anteriores pela Executiva Municipal.

Plano de combate às enchentes é aprovado na Câmara de São Caetano

Os vereadores de São Caetano do Sul aprovaram na terça-feira (2/5), o projeto de lei que institui o Plano Municipal de Drenagem e Manejo das Águas Pluviais Urbanas. Em síntese, trata-se de um completo diagnóstico do Governo Municipal para combater as enchentes e propor ações para minimizar os riscos de alagamentos em São Caetano do Sul, que apresenta esses problemas especialmente nos bairros Fundação, Prosperidade e São José.
O Legislativo também aprovou em primeiro turno, projeto de lei da Prefeitura que revoga a lei nº 3.702, de 2 de julho de 1998, que autoriza o município de São Caetano do Sul a constituir, através do Consórcio Intermunicipal das Bacias do Alto Tamanduateí e Billings, a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC. Segundo a justificativa, o projeto visa atender o fim dos repasses fixos mensais realizados pelo Consórcio à Agência, conforme deliberado em reunião do Consórcio Intermunicipal no último mês.
Outros projetos aprovados pelos vereadores foram: a instituição do Dia do Profissional de Segurança Privada – Vigilante, do ex-parlamentar Roberto do Proerd (PMDB); a inclusão do Dia da Maternidade e Paternidade Responsáveis, de Paulo Bottura (PTB); e o Dia do Protetor dos Animais, de Ubiratan Figueiredo (PR). Já o parecer que opina pela inconstitucionalidade do projeto de lei que proíbe a instalação de catracas eletrônicas do ônibus municipais, de Pio Mielo (PMDB), foi arquivado.

 

0
0
0
s2smodern