Jornal da Região

O vereador de São Caetano Beto Vidoski (PSDB), juntamente com o secretário municipal de Meio Ambiente, Horácio Pires, esteve reunido com o Secretário Estadual do Meio Ambiente Bruno Covas (PSDB), em São Paulo.
O secretário Horácio apresentou uma proposta que pretende transformar o espaço em uma Escola de Ecologia de referência no setor de pesquisas sobre plantas, onde sejam estudadas sementes raras e específicas da nossa flora, além de mudas de árvores ideais para urbanizar as cidades metropolitanas.
Para tanto, o local precisará de uma reforma para torná-lo acessível, com banheiros e estrutura adequada para aulas de biologia. O vereador Beto Vidoski, juntamente com sua assessoria e ajuda dos moradores, estão analisando as redondezas e colhendo sugestões para desenvolver um projeto que atenda as expectativas de todas as esferas interessadas nessa melhoria. “Precisamos aproveitar com responsabilidade e sustentabilidades todos os espaços que nosso município oferece. Só teremos um lugar com qualidade de vida para morar quando realmente começarmos a levar a sério o meio ambiente de nossa cidade”, afirma o vereador.

Após a vitória sobre o Atlético-GO por 4 a 2, o Azulão apresentou dois reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. Os atacantes Siloé, ex-Guarani, e Jackson que defendeu o Flamengo de Guarulhos são as novidades da equipe paulista.
Segundo Jackson vestir a camisa do clube significa uma grande oportunidade de evoluir na carreira. “Estou muito motivado e vou agarrar com unhas e dentes esta oportunidade. Por onde passei marquei gols e espero repetir aqui no São Caetano”, declarou.
Siloé também destacou a chance e espera se entrosar o quanto antes com o grupo. “Sou um atacante que gosta de atuar pelos lados do campo e sempre procuro ajudar na marcação. Acredito que vou me encaixar perfeitamente no esquema do treinador”, comentou.
O São Caetano volta a campo no sábado (08/06) enfrentando o Bragantino, em Bragança Paulista, às 21 horas. A equipe do ABC ocupa a décima posição com cinco pontos ganhos.

Os pais que têm seus filhos com idade inferior a 5 anos devem levar as crianças para que sejam imunizadas contra a Poliomielite, como parte da 1ª etapa da 34ª Campanha Nacional de Vacinação contra a doença, ação da qual São Caetano do Sul participará. A popular gotinha, defesa contra a doença, será aplicada nos pequenos sancaetanenses neste sábado (8/6), das 8 às 17 horas, em vários pontos da cidade – lista completa dos locais abaixo.
O médico Luciano Xavier, diretor da Atenção Básica de Saúde sancaetanense, informa que, no município, a meta é aplicar 6.786 doses. “É fundamental que as pessoas levem as crianças para serem imunizadas, porque essa doença pode deixar sequelas muito graves e causar até a morte”, alerta o profissional.
Poliomielite - Doença infectocontagiosa viral aguda, a Poliomielite ou Paralisia Infantil é caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito – o déficit motor instala-se subitamente. A enfermidade acomete membros inferiores, tendo como principal característica a flacidez muscular, com sensibilidade conservada e arreflexia no segmento atingido. A Poliomielite está erradicada no Brasil desde o início dos anos 90.

Locais de Vacinação
Unidade Básica de Saúde Amélia Richard Locatelli (Alameda João Galego, 01, Bairro Santa Maria);
Unidade Básica de Saúde Angelo Antenor Zambom (Rua João Molinari, 160, Bairro Boa Vista);
Unidade Básica de Saúde Caterina Dall’Anese (Rua Prates, 430, Bairro Olímpico);
Unidade Básica de Saúde Darcy Sarmanho Vargas (Rua General Estilac Leal, 58, Bairro Mauá);
Unidade Básica de Saúde Dolores Massei (Rua Senador Fláquer, 134, Bairro São José);
Unidade Básica de Saúde Maria Corbeta Segato (Avenida Prosperidade, 671, Bairro Prosperidade);
Unidade Básica de Saúde Moacir Gallina (Rua Casemiro de Abreu, 560, Bairro Cerâmica);
Unidade Básica de Saúde Nair Spina Benedicts (Rua Oswaldo Cruz, 1.153, Bairro Oswaldo Cruz);
Unidade Básica de Saúde Ivanhoé Espósito (Rua Flórida, 295, Bairro Barcelona);
Centro Policlínico Gentil Rstom (Avenida Tietê, 301, Bairro Nova Gerty);
Centro de Saúde Doutor Manoel Augusto Pirajá da Silva (Rua Senador Roberto Simonsen, 282, Bairro Centro);
Centro de Especialidades Médicas (Rua Heloisa Pamplona, 269, Bairro Fundação);
Unidade de Saúde da Criança e do Adolescente Amabili Moretto Furlan (Rua Goitacazes, 301, Centro).

 

Os estudantes de dez escolas municipais de São Caetano do Sul ganharam neste ano um reforço importante para o aprendizado de Matemática. Graças à parceria da Secretaria Municipal de Educação com a Fundação Lemann, que foi implantada sem nenhum custo para a administração sancaetanense, jovens estudantes do Ensino Fundamental têm acesso às renomadas aulas da Khan Academy, desenvolvidas pelo professor Salman Khan e aplicadas com sucesso para milhões de crianças e jovens em dezenas de países. A cidade também recebeu a doação gratuita de centenas de computadores portáteis para utilização no programa.
A Khan Academy adota o modelo de vídeo-aulas para apresentar conteúdos de Matemática, com uma nova metodologia de ensino que se soma às tradicionais aulas expositivas. Além disso, os exercícios relacionados às aulas adotam a linguagem de jogos, atraindo grande atenção das crianças e reforçando a aprendizagem como um processo divertido e lúdico. “O computador, para as crianças de hoje, é tudo. E é ótimo que a gente possa usá-lo de uma forma que auxilie no contexto das aulas. A aceitação tem sido muito boa”, explica a professora Ericka de Almeida Costa, da EMEF Ângelo Raphael Pellegrino – os educadores sancaetanenses passaram por capacitação específica e têm liberdade para utilizar a ferramenta da forma que acharem mais benéfica.
“As crianças gostam muito das atividades com o uso das ferramentas da Khan Academy. Quando eles ficam sabendo que será aula de Matemática da Khan, ficam empolgados”, afirma Cíntia Bispo, professora da EMEF Décio Machado Gaia. Ela explicou que a utilização das vídeo-aulas e exercícios depende do plano de aula do dia. “A gente utiliza os recursos da maneira que considera mais pertinente. Uma das vantagens deste programa é que podemos trabalhar de acordo com o que cada aluno apresenta de desenvolvimento, dividindo a classe em diferentes níveis.”
As atividades individuais das crianças nos computadores também permitem que os professores tenham um diagnóstico em tempo real do desempenho de cada aluno, o que tem grande importância pedagógica no processo do aprendizado. “Os relatórios individualizados mostram inclusive em quais exercícios as crianças tiveram mais problemas, quais demoraram mais para responder. Esse retorno permite que o professor tenha uma ação mais rápida para sanar dúvidas que ainda existam em relação à matéria”, avalia Cíntia Bispo.
A coordenadora Ivanilde Loureiro, da EMEF Ângelo Raphael Pellegrino, concorda com a análise da professora. “A Khan Academy ajuda muito na avaliação do desenvolvimento dos alunos, porque ao fim de cada aula é possível ter acesso a um relatório de todas as ações da criança: quanto tempo ela levou para concluir cada exercício, onde acertou, onde errou. Isso é muito bom, pois com o uso desta ferramenta é possível perceber dúvidas das crianças que poderiam passar despercebidas em uma aula tradicional.”

Uma reunião extraordinária no Consórcio Intermunicipal Grande ABC definiu a redução de tarifas em cinco dos sete municípios da região, que passarão de R$ 3,30 para R$ 3,20 a partir do dia 15 de junho. A tarifa vai baixar nos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Mauá e Ribeirão Pires. As cidades de Diadema, que já praticava o valor de R$ 3,20, e Rio Grande da Serra, onde a tarifa é de R$ 3,00, irão manter os preços atuais. A decisão dos prefeitos é reflexo da Medida Provisória 617/13, publicada no Diário Oficial da União em 31 de maio, que reduziu a zero as alíquotas de PIS/COFINS para as empresas de transporte coletivo.
“A decisão foi comunicada aos empresários e é evidente que não há espaço para discussão. Trata-se de uma resposta ao esforço do governo brasileiro pela redução das tarifas, colaborando com este momento da economia brasileira. Esse benefício de isenção de imposto assinado pela Presidenta Dilma (Rousseff) tem que atingir o consumidor”, anunciou o presidente do Consórcio e prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho.
Decretos dos prefeitos oficializando a decisão serão publicados em cada município nos próximos dias e as empresas de transporte deverão cumprir a determinação a partir do dia 15, tirando do preço o imposto que foi zerado. Os prefeitos iniciaram, também, a discussão sobre a possibilidade de o reajuste passar a ser conjunto em todos os municípios, a partir de 2015. “Cada prefeito vai analisar a situação, mas provavelmente deixaria de haver reajuste de tarifa em Diadema no ano que vem, voltando a acontecer conjuntamente com as demais cidades em janeiro de 2015”, adiantou Marinho.

O ator, humorista e apresentador do programa CQC, da TV Bandeirantes, Marco Luque estará em São Caetano nesse final de semana, apresentando seu stand up comedy Tamo Junto! no Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840 – Bairro Santa Maria). As apresentações acontecem sábado (08/06) às 21h e domingo (09/06) às 18h.
O Stand Up Comedy é a nova tendência quando o assunto é humor. Conhecido como formato “cara limpa”, o Stand Up é composto por um ator, que fica de pé ao contar histórias ao público. Conta com o apoio de microfone, pedestal e o inseparável banquinho. É assim que Marco Luque se apresenta em seu novo projeto solo.
Há 10 anos, o ator e humorista Marco Luque pendurou as chuteiras de jogador de futebol, tornando-se ator. Envolvido no teatro desde a infância, Luque partiu para o humor. Atualmente enche de carisma o programa CQC, na Band. Mantém um quadro na rádio Mix e fez parte há três anos do elenco da Terça Insana, apresentando personagens hilários que conquistaram o público, como o motoboy “Jackson Faive” e o taxista “Silas Simplesmente”.
Após larga experiência nos palcos, descobriu recentemente seu talento de “Cara Limpa” também no Stand Up Comedy, contando histórias de sua vida de uma forma inusitada. Argumenta assuntos do cotidiano com o público, lembra histórias de alguns acontecimentos pessoais, proporcionando a todos uma noite realmente muito divertida e engraçada.
Os ingressos custam R$70 (inteira); R$60 (antecipado, até dia 7/6); R$50 (promocional, recorte de jornal e flyers) e R$35 (meia, para estudantes, professores da rede estadual e municipal, maiores de 60 anos e clientes fidelidade CA Produções), e estão à venda na bilheteria do teatro, das 14h às 19h, ou pelo telefone 2093-3176. Classificação 14 anos. Duração 70 minutos.

Odeio o Dia dos Namorados conta a história de Débora (Heloísa Perissé), uma publicitária que sempre colocou o trabalho na frente de sua vida amorosa. Tanto é que, anos atrás, deu um fora em seu namorado, Heitor, na frente de todo mundo, só para focar em seu novo emprego em uma grande agência de publicidade. Agora, Débora é uma profissional de sucesso e, para dar o passo que falta em sua carreira, ela só precisa conquistar uma importante conta de bombons. O problema é que o diretor de marketing do cliente é ninguém menos que o próprio Heitor. Como se não bastasse, no caminho para a primeira reunião, Débora sofre um acidente de carro. Nos segundos finais de sua vida, recebe a inesperada visita de seu falecido amigo Gilberto. Com a ajuda desse fanstama, Débora fará uma viagem pelo seu passado, presente e futuro, onde vai aprender a reavaliar certas escolhas que fez, principalmente sobre o seu relacionamento com Heitor.

A Prefeitura de São Caetano do Sul abriu inscrições para 300 vagas que estão disponíveis na Frente Municipal de Trabalho. Para se inscrever, os interessados devem se dirigir à sede da Secretaria Municipal de Assistência e Inclusão Social, que fica na Rua Antonio Bento, 180, Bairro Santa Paula, das 8 às 16h30, até o dia 11 de junho. Os participantes receberão bolsa-auxílio, que é equivalente a dois terços do salário mínimo nacional vigente, e uma Cesta de Alimentos, desde que a família ou o domicílio do participante ainda não receba tal benefício.

O Ministério da Saúde lançou nesta terça-feira (4) a 34ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, em Brasília. Realizada em parceria com as secretarias estaduais e municipais de Saúde, a meta é vacinar 12,2 milhões de crianças entre 6 meses e menores de 5 anos, o que corresponde a 95% da população alvo de 12,9 milhões de crianças no país. A ação começa neste sábado (8), com o Dia D de mobilização nacional, e vai até 21 de junho.
Para a campanha, estão sendo distribuídas 19,4 milhões de doses da vacina oral nos 115 mil postos abertos em todo o país para a vacinação. Para operacionalização da campanha, o Ministério da Saúde está investindo um total de R$ 32,3 milhões em repasses do Fundo Nacional de Saúde para os estados e municípios, sendo destinados R$ 13,7 milhões para aquisição das vacinas.
Ao lançar a campanha, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, destacou o poder de mobilização para a vacina chegar a todas as regiões do país.Cerca de 350 mil pessoas estarão envolvidas na realização da campanha. Serão utilizados 42 mil veículos, entre terrestres, marítimos e fluviais.
“Em muitos países, o vírus da paralisia infantil ainda circula, por isso é importante mantermos as nossas crianças protegidas do vírus. A ações do Programa Nacional de Imunizações (PNI), com a ampliação da oferta de vacinas, têm demonstrado a capacidade do Sistema Único de Saúde (SUS) de atingir os grupos alvos dos calendários de vacinação. Isso só reforça o nosso papel de liderar no mundo inteiro a campanha para erradicação da poliomielite”, ressaltou o ministro, lembrando que o PNI completa 40 anos em 2013.
No ano passado, foram vacinadas mais de 14 milhões de crianças, o que representou 99% do público alvo. Desde 2012, o Brasil passou a realizar somente uma etapa exclusiva da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, no mês de junho. No ano passado, todas as crianças até cinco anos incompletos participavam da campanha.
ENTENDA A CAMPANHA –Neste ano, o público alvo a ser vacinado na campanha é a partir dos 6 meses, com a vacina oral (VOP), as chamadas gotinhas. Isso porque as crianças menores de 6 meses já estão sendo vacinadas com a injetável (VIP) nos postos de vacinação. É importante reforçar que os pais não esqueçam de levar a caderneta de vacinação dos filhos para que o profissional de saúde possa avaliar a situação vacinal da criança, considerando o esquema sequencial (quadro abaixo).
Os pais devem levar a caderneta de vacinação dos filhos para que o profissional de saúde possa avaliar a situação vacinal da criança, considerando o esquema sequencial (quadro abaixo). “Além da proteção contra a pólio, a campanha contribui para atualização do calendário de vacinação. Caso esteja faltando alguma vacina, os pais podem programar junto com o posto de saúde a melhor data para a criança tomar as doses que estão faltando”, explicou o ministro.
Ou seja, de acordo com o cronograma do calendário básico de vacinação, a criança recebe as duas primeiras doses – aos dois e aos quatro meses – do esquema com a vacina inativada poliomielite (a VIP), de forma injetável. Já a terceira dose (aos seis meses) e o reforço (aos 15 meses) continuam com a vacina oral (a VOP).
Se a criança menor de cinco anos nunca tiver tomado nenhuma dose injetável, não tomará as gotinhas neste momento. Deverá iniciar o esquema vacinal com a injetável.Por esse motivo, o Ministério da Saúde recomenda que os estados e municípios disponibilizem também a injetável nas suas unidades básicas de saúde, embora nesta campanha sejam utilizadas as duas gotinhas. O objetivo é evitar que crianças que estejam com o esquema vacinal contra a poliomielite atrasado percam a oportunidade de vacinação.
Se a criança for vacinar em um posto temporário, que não pode oferecer a injetável, a orientação é que seja encaminhada para uma unidade de saúde, onde será vacinada posteriormente.
VACINA ORAL - Vale lembrar que não existe tratamento para a poliomielite e somente a prevenção, por meio da vacinação. A vacina protege contra os três sorotipos do poliovírus 1, 2 e 3. A eficácia da imunização é em torno de 90% a 95%. Ela é recomendada mesmo para as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia.
A vacina é extremamente segura e não há contraindicações, sendo raríssimas as reações associadas à administração da mesma. Em alguns casos, como, por exemplo, em crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina, recomenda-se que os pais consultem um médico para avaliar se a vacina deve ser aplicada.
A tarifa do sistema de estacionamento rotativo pago de São Caetano do Sul, popularmente conhecido como Zona Azul, será reduzida a partir deste sábado (1/6). A data foi estipulada no decreto 10.661, assinado pelo prefeito Paulo Pinheiro no dia 10 de maio. O documento diminui de R$ 2,00 para R$ 1,50 o valor do talão válido por 1 hora, e de R$ 4,00 para R$ 3,00 a quantia paga por duas horas de estacionamento nas vias públicas – são 2.896 vagas demarcadas em regiões comerciais ou mistas.
O espaço de tempo entre a assinatura e a vigência do decreto foi necessário para que a Cello Auto, empresa que opera o sistema, se adaptasse às novas regras. O período máximo de estacionamento permanecerá inalterado em 2 horas, assim como os horários em que é obrigatório o pagamento da tarifa: de segunda à sexta-feira, das 8 às 18 horas, e aos sábados, das 8 às 13 horas.
Em março, a Zona Azul teve aumento de 33% determinado pelo decreto 10.614, assinado em 20 de dezembro de 2012 por integrantes do governo anterior. A atual administração considera abusivo o valor de R$ 2,00 por hora de estacionamento estabelecido pelo documento. Por isso iniciou negociação com a Cello Auto para anular o reajuste, retomando o preço de R$ 1,50.
Sem justificativas plausíveis para o aumento, a atual administração iniciou uma força-tarefa para reduzir a tarifa. O processo ensejou estudos técnicos, financeiros e jurídicos.